•  Ter o nome do pai na certidão de nascimento é um direito à personalidade e à identidade de toda criança. Além disso, é uma questão legal para que essa pessoa possa ter direito a receber herança, por exemplo. 
     
  •  A presença do pai, dependendo da qualidade de tal presença é geralmente positiva para os filhos. Há um consenso de investigações que quando os homens (como pais sociais ou pais biológicos) estão engajados na vida de seus filhos, os vínculos entre eles são reforçados, e isso beneficia o desenvolvimento físico, psicológico, afetivo e social de modo geral das crianças, que muitas vezes apresentam melhor desempenho na escola e têm relações mais saudáveis como adultos.